• Depois de 15 dias sem fazer vídeo, lá vai um vídeo de 14 minutos para vocês matarem a saudade!

     

  • Gravei com o Elcio Coronato no PIP e essa semana ele soltou um vídeo com a minha participação, pra quem tá com saudade dos meus vídeos, assiste ai enquanto não chega terça-feira as 21 horas, mais conhecido como amanhã, que é quando eu vou liberar vídeo novo no canal.

     

  • gemeos

  • Fernando Bueno indicou Dj Snake & Lil Jon para sairmos do “amorzinho”.  

  • É como ele mesmo diz, O Macho Alfa é um site para quem gosta de cerveja, bacon e gatas, tenho certeza que todo mundo que acessa esse blog aqui gosta de ao menos duas dessas três coisas, então já tem motivo suficiente para acessar.

     

    machoalfa

  • parceirosengraçados

     

    Um homem que te faz rir pode te deixar muito feliz — e não só pelas boas piadas. Pelo menos esta é a conclusão de um estudo realizado pela Universidade de Albany, nos Estados Unidos. Após interrogar estudantes universitárias sobre a sua vida sexual e as características de seus parceiros, os pesquisadores concluíram que quanto melhor o senso de humor do parceiro, mais chances elas têm de experimentar orgasmos intensos. Da mesma forma, o prazer também aumentaria de acordo com a autoestima e a renda familiar do homem.

    Conduzida pelo psicólogo George Gallup, a pesquisa levantou detalhes como medidas, personalidade e aparência dos parceiros das entrevistadas. A intensidade dos orgasmos também se relacionava com a frequência com que o casal tinha sexo durante a semana e em quão atraída por seu parceiro a mulher se sentia.

    Além disso, mulheres que começaram a vida sexual mais cedo revelaram ter tido mais parceiros e experimentado mais orgasmos. Elas também disseram estar mais satisfeita sexualmente com seus companheiros do que as demais.

    “Nós identificamos uma série de traços — motivação, inteligência, foco e determinação — que previam quão frequentemente uma mulher iniciava relações sexuais. Além disso, o senso de humor do parceiro não apenas previa sua autoestima e renda familiar, mas também a propensão da mulher de iniciar o sexo, e quão frequentemente o casal fazia sexo e a frequência do orgasmo em relação a outros parceiros”, escreveram os pesquisadores.

     

    Matéria do Ela – O Globo

Joe Black Desenvolvimento: Pub Web Agência Digital